quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

[Banda do Samouco em 2008] Um par de serviços, um mar de reacções

Com apenas dois serviços feitos no ano de 2008, são múltiplas as reacções à prestação da Banda de Música da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense aquém e além fronteiras.

A propósito da "Cabalgata de Reyes" realizada no passado dia 5 de Janeiro na localidade andaluza de Alosno, vários foram os órgãos de imprensa escrita que ecoaram a actuação da Banda do Samouco: Jornal do Montijo, Jornal de Alcochete, Naturales - Correio da Tauromaquia Ibérica e o site institucional da Câmara Municipal de Alcochete foram alguns desses exemplos. Mas na província de Huelva também populares espanhóis se empenharam no sentido de repercutir a passagem da formação samouquense por terras andaluzas: no fórum de discussão YHuelva.es, sítio online onde se apresentam notícias, fotos, vídeos, ofertas de emprego entre outros itens, a Banda do Samouco aparece executando "La Marcha Real", o vídeo que culmina o desfile de reis no interior da Igreja de Nuestra Sra. De Gracia, em Alosno. Ainda sobre este vídeo, o portal de viagens espanhol viajespain.es apresenta como cartão de visita para a província de Huelva e para a localidade de Alosno o hino executado pela formação portuguesa - veja-o aqui. Por último, e num registo mais irreverente, um jovem alosnero de 15 anos "reclama" com a população da sua terra porque na compilação em vídeo que o http://bandadosamouco.blogspot.com inseriu online, ninguém dançou ao som do pasodoble "Paquito Chocolatero".

A respeito do Concerto de Ano Novo ocorrido no passado Domingo na Sociedade Democrática União Barreirense "Os Franceses", há a reter que antes de mais este evento foi divulgado pela Banda Sinfónica da Covilhã no seu blog oficial. Por seu turno, Pedro Garcia escreveu no livro de visitas para os seus colegas do movimento Nanamue - Moçambique o seguinte:
"Pois é verdade, fui aos "Franceses" no Barreiro, tive a oportunidade de cumprimentar o nosso amigo Ferreira Teixeira e de assistir a um magnífico espectáculo dado pela Filarmónica do Samouco, donde realço a peça em que o maestro solou e o facto de no reportório constarem peças de um elemento da filarmónica.
Foi um bom momento
Pedro Garcia"

Estão disponíveis em vídeo no canal BandadoSamouco 4 excertos de temas que a formação samouquense executou neste concerto. Oscar Fernández, um jovem aficionado venezuelano, pronunciou-se acerca de vários temas, comentando-os no serviço de vídeo Youtube. Destacamos aqui o que foi dito acerca da Fantasia Espanhola "Mar I Bel", da autoria do compositor Ferrer Ferran:
"Es ya costumbre que la Banda do Samouco nos deleite con tan artísticas interpretaciones. En este caso diría que es una de las ejecuciones más potentes, de todas las que conozco, de esa bella obra del maestro y amigo FERRER FERRÁN: "MAR I BEL".
Reciban todos mi ENHORABUENA por el buen trabajo y por haber colocado, en esta ocasión, el tema completo.
Ah, se me olvidaba; un saludo especial y mi sincera ENHORABUENA a tan excelente trompetista. Se necesita un profesional con fuerza y dominio del instrumento para que le de ese toque maravilloso con la trompeta a la pieza.
Un abrazo para todos desde Ejido, Mérida - VENEZUELA."

Quanto ao futuro próximo da Banda, entre muitas outras coisas será em breve comunicado o mapa de serviços para a presente época 2008 aqui no blog oficial de todas as actividades da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense.

1 comentários:

Filipe disse...

Aproveito aoportunidade, para antes de mais, me pronunciar acerca da alteração da apresentação do Blog, está muito giro, foi uma mudança bem vida, agora quanto ao concerto no Barreiro, e como Barreirense que sou, além de músico, gostei bastante do trabalho feito, pena foi a mediana afluência de público. Obrigado e um abraço para todos.

Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense
Instituição de Utilidade Pública
Sede: Rua Francisco Domingos Taneco, 2890-242 Samouco, Portugal

Optimizado para resolução 1024x768 em ambiente Mozilla Firefox v3.0.11
© 2007-2010 Todos os Direitos Reservados.