quinta-feira, 17 de julho de 2008

[FotoVídeoReport] A Estreia do Grupo Coral da SFPLS na Igreja Matriz do Samouco

Integrando as celebrações do dia de Nossa Senhora do Carmo, foi numa noite de lotação esgotada que o Grupo Coral da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense se apresentou pela primeira vez na Igreja Matriz da vila do Samouco. Sob a Direcção Musical da Maestrina Gisela Sequeira, esta formação apresentou um repertório onde a música sacra foi predominante.

A actuação dos coralistas foi antecedida pela celebração Eucarística e Recitação do Terço em Honra de Nossa Senhora do Carmo. Momentos antes de se ter dado início ao concerto, o pároco Carlos Russo dirigiu-se em breves palavras a todos os presentes na Igreja Paroquial de São Brás, endereçando especiais boas vindas a todos os coralistas e à Maestrina Gisela Sequeira nesta estreia que ocorre no dia litúrgico de Nossa Senhora do Carmo.

E porque qualquer imagem valem mais que mil palavras, apresentamos em seguida alguns momentos registados neste concerto:

O Serviço http://bandadosamouco.blogspot.com/ apresenta agora o concerto integral de estreia do Grupo Coral da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense na Igreja da sua terra natal, o qual está dividido em dois vídeos:

Primeira Parte:


Segunda Parte:


Dentro em breve mais novidades serão anunciadas acerca da mais recente das formações desta instituição samouquense. Dentro de dias, este serviço lançará online, entre outros vídeos relativos às Festas Populares do Samouco, uma compilação onde os melhores momentos da Procissão em Honra de Nossa Senhora do Carmo ocorrida no passado Domingo estarão em evidência.

6 comentários:

Anónimo disse...

Não é um comentário mas uma pergunta! Alguém me sabe dizer porque é que não nos deixaram bater palmas? Já assisti a um concerto dado dentro de uma Igreja (por alunos do Conservatório) em Setúbal e foram inúmeras as manifestações com palmas...

Anónimo disse...

Muitos Parabéns ao Grupo Coral!
Foi notorio o empenho e dedicação dos coralistas nesta grandiosa actuação que na minha opinião e de muitos outro, certamente, foi excelente e que ser trata de uma iniciativa a repetir.
Quanto á questão das palmas, não encontro inconveniente nenhum para que se não o possa fazer dentro de uma igreja pois é um demonstrar de alegria e contentamento, mas também há que respeitar a opinião do Srº Padre Carlos Russo, que por norma se mostra muito pouco dado a novas iniciativas e algo conservador, mas que tirando a questão das palmas esteve bastante bem npo discurso proferido antes do dito concerto.
Ao Srº Padre, por quem tenho o maior dos respeitos, deixo uma mensagem, a Igreja deve servir todos os seus utentes da forma mais respeitosa possivel e semear o bem estar entre a comunidade (não esquecendo também os utentes de por algumas vezes servir também a Igreja), assim há a nececidade de se analisarem todos os assuntos dos mais diversos pontos de vista diferentes e não nos singir-mos apenos a um pequeno e duro núcleo de pessoas, pessoas estas que parecem ainda mais conservadoras do que o Srº Padre e que apenas lhes serve o minino de trabalho possivel.
Tenho dito!

Anónimo disse...

Gosto de ler o vosso blog, mas não sou dessa terra. Mas...sinceramente um padre não deixar que os seus fieis se manifestem peraca uma ideia do antigamente. Então povo dessa terra lutem pere a mudança.
Eu só católico praticanta

Anónimo disse...

polémicas à parte, haja quem fale do mais importante de tudo: da extraordinária qualidade deste coro! vou querer vê-los actuar assim que possível, disso podem vocês ter a certeza!
muita saúde para todos vós!

João Bexiga disse...

Fiquei maravilhado com o coro da minha terra!
Ganharam um lugar de destaque cá na "caixinha".

O aplauso: Comportamento manifestado por um público perante algo que merece tal exaltação.
A contenção ou censura do aplauso: Algo que só se encontra nos tempos idos(?) da inquisição e que hoje ainda acontece quando à frente de instituições pilares da sociedade civil se encontram pessoas retrógradas que em nada dignificam tais instituições ou valores que representam.

arsenio disse...

Olá a todos , adorei fotografar o vosso coro nessa lindissima igreja do Samouco sinceramente digo que faz parte das igrejas mais bonitas que já entrei , este comentt´rio serve tambem para informar que as vossa fotos feitas por mim e para o jornal do Montijo se encontram disponiveis em www.arseniofotografia.smugmug.com
obrigado e muitas felicidades para o coro

Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense
Instituição de Utilidade Pública
Sede: Rua Francisco Domingos Taneco, 2890-242 Samouco, Portugal

Optimizado para resolução 1024x768 em ambiente Mozilla Firefox v3.0.11
© 2007-2010 Todos os Direitos Reservados.