sexta-feira, 7 de setembro de 2007

[Ayamonte 2007] Concerto no Hogar del Pensionista

Decorreu esta 5ª feira ao final da tarde o segundo concerto da Banda do Samouco nas Fiestas de las Angustias na cidade espanhola de Ayamonte.

Entre a numerosa assistência estiveram presentes o Presidente da Junta de Freguesia do Samouco, Sr. António Almeirim, o Alcaide da cidade de Ayamonte, Sr. Antonio Rodríguez Castillo e Sr. José Manuel Rodríguez Martín, primeiro tenente e responsável máximo da área da Cultura.

Durante cerca de 2 horas e perante uma vasta e interressada assistência, esta formação interpretou um repertório bastante variado: Vila Franca, Ayamonte Canta, Mar I Bel, Forcados Aposento Barrete Verde de Alcochete, Maria la Portuguesa e Torero Cale foram alguns exemplos de temas interpretados.

Um dos momentos preparados especialmente para esta actuação foi a estreia em absoluto do Maestro Sérgio Oliveira à frente da Banda do Samouco em simultâneo como Maestro e Clarinetista, interpretando o tema "El Compae", pasodoble escrito por José Molina com solo em clarinete. Com um desempenho irrepreensível e grande surpresa por parte da assistência geraram um dos momentos mais aplaudidos no espectáculo.

Também muito aplaudidos foram todos os pasodobles interpretados ao longo deste espectáculo. O desempenho dos solistas mereceu rasgados e audíveis elogios, levando a assistência ao rubro.
Vários dos músicos no final do concerto estavam emocionados, tal o nível ímpar do espectáculo que tinham acabado de preconizar.

Por múltiplos motivos, este foi seguramente um dos momentos altos de toda a época 2007 na Banda de Música da Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense.

O http://bandadosamouco.blogspot.com mostra em seguida alguns dos momentos registados neste espectáculo:

Início do Concerto:

Banda, Maestro e parte da assistência:

Banda no tema "Forcados Aposento Barrete Verde de Alcochete":

Maestro e Solista em simultâneo no tema "El Compae":

Banda na recta final no tema "Ayamonte":

O http://bandadosamouco.blogspot.com partilha em seguida alguns excertos em vídeo deste espectáculo:

1 - "Torero Cale"
Solos em trompete de Miguel Silva na voz principal e de José Fontes na 2ª voz:

2 - "Ayamonte Canta", pasodoble de concerto da autoria de Manuel Feu Perez:

3 - "Flamenco y Solo"
Solos em trompete de Miguel Silva e José Fontes na primeira parte e Pedro Carvalho na voz principal:

4 - "El Compae", pasodoble de concerto da autoria de José Molina, interpretado pelo Maestro da Banda do Samouco e Clarinetista Sérgio Oliveira:

5 - "Maria la Portuguesa" (1/2), original de Carlos Cano / Arranjo de Aurélio Alegria

6 - "Maria la Portuguesa" (2/2), original de Carlos Cano / Arranjo de Aurélio Alegria

3 comentários:

Maria Antónia disse...

As lágrimas apoderam-se dos meus olhos ao ver representantes da terra onde nasci, e me viu crescer há tantos anos, levar tão longe e c/anta dignidade o nome da nossa querida terra -SAMOUCO.Matei saudades, garanto-vos q matei saudades da época em q era mais nova e a minha saúde me permitia acompanhá-los sempre. Pedi ao meu neto para q escrevesse o q este momento estou a sentir, s/ ajuda dele não podia saudá-los. As ágrimas continuam a soltar-se dos meus olhos e o meu neto diz q/ vai parar escreverporque eu estou muito nervosa. Para todos um beijo do tamanho de Portugal.
Viva o SAMOUCO VIVA A SOCIEDADE.

A. Silva Gonçalves disse...

Parabéns Banda do Samouco!
Parabéns Samouquense!
Continuem assim!

Hugo Reboredo disse...

Olá mais uma vez, amigos da banda do Samouco! Nesta visita curta pelo blog não posso deixar de comentar neste espaço o momento alto deste concerto!Não foi música alguma, solo ou coisa parecida...Foi apenas e não mais o fervor de um espectador simplesmente maravilhado com o que ouvia, que decidiu ovacionar a banda de forma intensa...tão intensa que, ao esboçar um valente "OLÉ", lhe saiu a placa dentária, contrariando as leis da gravidade!!!De qualquer forma, não houve danos graves porque nem a placa acertou em niguém, nem o senhor a deixou cair, mostrando dotes malabaristas! E pronto, cá me despeço com um abraço e prometo que ofereço um pónei ao Eduardo no Natal!(sim, um pónei que não tenho dinheiro para mais!!) Um bem-haja para todos

Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense
Instituição de Utilidade Pública
Sede: Rua Francisco Domingos Taneco, 2890-242 Samouco, Portugal

Optimizado para resolução 1024x768 em ambiente Mozilla Firefox v3.0.11
© 2007-2010 Todos os Direitos Reservados.